2 de janeiro de 2011

Por que o novo evoca tanto prazer?

Por que o novo evoca tanto prazer? Existem explicações neuropsíquicas para isto e compreendê-las pode nos ajudar a melhorar diversos aspectos da vida.

O cérebro é biologicamente voltado para a novidade. Se sua mesa está bagunçada, cheia de objetos do cotidiano, mas existe um objeto novo, seu cérebro notará rapidamente sua presença, enquanto deixará passar os outros, como um fundo. Outro exemplo é o som, quando você está exposto a ruído constante, ele tende a ficar mais fraco, até a desaparecer como ruído de fundo.

Este efeito de acomodação ou atenuação de sinal é algo biológico e tem muito a ver com nossos neurônios, que são as células responsáveis pela transmissão de toda informação no sistema nervoso.

Quando um neurônio é estimulado de forma contínua, existe uma tendência a tolerância, ou seja, o estímulo inicial passa a não desencadear o efeito com a mesma intensidade.

Daí o poder do novo! Seu estímulo é sempre intenso e desafia o próprio cérebro no processamento de informações e geração de novas sinapses (conexões entre neurônios).

O Ano Novo é a ocasião perfeita para começar a usar o poder da novidade e trazer esta energia para sua vida.

Existem formas infinitas de experimentar o novo. Percorrer caminhos diferentes ou utilizar meios de transporte alternativos para o trabalho ou faculdade. Tentar novos esportes ou novas maneiras de realizar suas atividades físicas. Aprender um novo idioma. Ouvir novas músicas ou mesmo novos ritmos, nem que seja para sentir a diferença. Aprender uma dança. Testar novas receitas ou visitar restaurantes de culinárias diferentes. Mudar de corte de cabelo, de estilo, de fragrâncias. E por aí vai...

O importante é injetar novidade nas coisas simples que fazemos.
Então, o que você fará de novo no Ano Novo?

Por Dr. José Hamilton. Psiquiatra


fonte: BancodeSaude
 

Visitantes que já leram este artigo:

2 comentários:

JediMasterArt disse...

Bem legal o post, eu achava que apenas algumas pessoas sentiam isso.

Anônimo disse...

gostei, vou testar...

Postar um comentário

Gostou do que encontrou aqui?
Comente este artigo que acabou de ler.
- Se o seu comentário for relacionado ao post, tenha certeza de que o leu.
- Se precisa de ajuda, procure deixar o máximo de informação possível.
- Todo comentário obsceno, ilegal, ofensivo, escrito todo em maiúscula, contendo gírias em excesso ou estritamente publicitários, serão "apagados".
- Somente inclua links no comentário se ajudar a explicar o seu comentário.
- Não peça para adicionar ao MSN.
- Spam não será tolerado.

 

©2009 Navegando e Aprendendo com a Enfermagem | Template adaptado de TNB

Web Statistics